Criptomoedas E CBDC: Quais suas diferenças?

Não é novidade para ninguém que as moedas virtuais, ou criptomoedas vieram para revolucionar e fazer a diferença no mercado financeiro atual, e a partir dela, outras ferramentas para operar no mercado foram surgindo, para que houvesse a melhora em tais processos. O que é interessante e bastante sério pensar é que algumas pessoas acham que é tudo a mesma coisa, apenas por serem ferramentas virtuais e operarem no mesmo mercado. Mas hoje, nossa abordagem irá mostrar o equívoco desse pensamento. O tema principal de hoje é: Quais as diferenças entre criptomoedas e CBDC? Mas antes, iremos abordar o que é cada uma, além de vantagens e desvantagens. Vamos lá?

O que são Criptomoedas?

As criptomoedas são moedas como todas as que fazem do nosso convívio, porém, diferente das moedas físicas, ela s não podem ser emitidas por nenhum órgão, porque é uma moeda virtual. As criptomoedas podem ser utilizados s com os mesmos objetivos de uma moeda que se pode pegar, como por exemplo: transações e reserva de valor. As transações feitas com criptomoedas são totalmente seguras, visto que são protegidas por criptografia. A criptomoeda mais famosa mundialmente é a Bitcoin. Apesar de não existir uma autoridade que faça o acompanhamento regular das transações, como pessoas que validam através do blockchain, que nada mais é que um grande registro de operações, onde consta o histórico de transações realizadas.

Como foram Criadas?

Com os grandes avanços de estudos criptográficos na década de 80, surgiu a possibilidade da criação de sistemas de moedas virtuais. Quem começou a base para a criação de criptomoedas foram os Cyberpunks , e o objetivo do grupo era criar um sistema de transações livre, sem interferência de terceiros. Mas, só em 2009 que a moeda virtual começou a ser implementada e foi lançada por Satoshi Nakamoto , seu principal criador. A moeda Bitcoin foi a primeira criação dele, e com ela já era possível fazer compras e vendas, transferências de valores entre pequenos comerciantes. Por volta de 2012, grandes empresas resolveram incluir no seu método de pagamento a criptomoeda Bitcoin. E com a passar dos anos, o Bitcoin foi a criptomoeda mais usada do mundo.

Vantagens e Desvantagens

É aquele ditado: “toda coisa boa, tem seu lado ruim”, e em relação à criptomoedas não seria diferente. Vejamos como vantagens e desvantagens dessa tecnologia inovadora. O que pode ser bom e ruim na hora de usar como criptomoedas, não que pode ser beneficiário e prejudicar seu usuário.

Vantagens

1 Liberdade: É possível receber ou fazer transação em qualquer lugar com um Bitcoin;

2 – Custo Benefício: Pagamentos feitos com criptomoedas têm taxas baixas e isentas em algumas vezes;

3 – Volátil: devido a grande valorização da cripto, é recorrente a configuração de preço, devido a sua visibilidade;

4 – Sistema Transparente: As informações de Bitcoins e ofertas ficam no blockchain disponivel para todos. Ninguém pode controlar, pois é criptografado.

Desvantagens

1- Pouca aceitação dessa forma de pagamento: Pouquíssimos comerciantes aceitam o Bitcoin como forma de pagamento, por isso, a quantidade de transações é baixa.

2- Software Inacabado: Infelizmente, o software que o Bitcoin usa ainda não está completo, o que acarreta em novas funções e recursos que, mesmo que ainda não apagados finalizados, são disponibilizados ao seu usuário.

O que é CBDC?

O CBDC nada mais é do que as moedas digitais dos Bancos Centrais . São moedas que tem a conversibilidade e certa garantida. Os CBDC podem funcionar como reserva de valor, quando voltada ao público geral. Esse tipo de moeda pode ser uma alternativa devido a sua segurança, eficiência e custo benefício na hora de realizar os pagamentos. Segundo o Banco de Compensações Internacionais, o BIS, pelo menos 41 bancos centrais já se manifestaram sobre emitir moedas digitais. E o maior motivo dos bancos quererem emitir moedas digitais é justamente a transformação digital dos pagamentos. Interessante, não é mesmo?

Tipos de CBDCs

No decorrer desta leitura sobre CBDC, você pôde entender um pouco mais sobre CBDCs, mas você sabe ou tem conhecimento sobre os tipos existentes dessa moeda? Abaixo, citarei alguns exemplos:

CBDC Atacado: Disponível para bancos comerciais e órgão de compensação para uso de mercado interbancário, aumenta a eficiência nos pagamentos nacionais e internacionais, pois alguns são caros, sem eficácia e demorados. Na verdade, os testes feitos com um CBDC foram com o foco no uso doméstico da moeda.

CBDC Varejo: O foco dessa moeda nada mais é do que potencializar a inclusão financeira dentro da sociedade, até mesmo uma alternativa estratégica para o dinheiro que está perdendo força, atuando como substituta ou complemento da moeda fiduciária.

4 Vantagens da CBDC sob as criptomoedas

Redução de Custos – Pois não seria necessário emitir dinheiro físico, o que economizaria em impressão, gestão e manuseio de moedas.

Inclusão Financeira – Atuando principalmente com quem não possui uma conta em banco físico. Com a moeda CBDC, irá poder ter um aplicativo com o dinheiro digital do Banco Central.

Rastreamento da Moeda – Pode evitar crimes de lavagem, fraudes. Assim, vai diminuir as atividades ilícitas.

Avanço Tecnológico – Novas funcionalidades, pois a digitalização da economia possui capacidade de inovar constantemente.

3 desvantagens da Cbdc quanto ás criptomoedas

1- Controle do Orgão: Diferente das criptomoedas, a CBDC teria um grande controle do governo sob o dinheiro da sociedade.

2- Falta de privacidade financeira: O governo saberia de toda e qualquer informação, por mínima que fosse, do que o cidadão comprou, suas transações, seus pagamentos, etc.

3- Sem transparência para o consumidor: Seria impossível fazer qualquer alteração no código fonte. Enquanto no sistema da criptomoeda, todos têm o acesso á tudo que é feito, devido ser um sistema transparente, dentro do sistema CBDC é totalmente o oposto. Ou seja, só quem está controlando tudo, no caso a autoridade ou governo, é que teria o conhecimento e acesso total, enquanto o consumidor ficaria “submisso” a eles.

Qual a diferença entre Criptomoedas e CBDC?

Traçamos um longo caminho até chegar ao objetivo principal desse artigo: O que difere as criptomoedas da CBDC? Vem junto!

1- CBDC é centralizada, Criptomoeda é descentralizada;

2-CBDC é emitida por Instituto Governamental, Criptomoedas são códigos computadorizados;

3- CBDC exigem dados pessoais, Criptomoedas não;

4- Na CBDC, informações de transações são privadas, enquanto as de Criptomoedas são abertas;

5- CBDC é regularizada por Instituto Governamental, Criptomoedas não;

6- CBDC são abertamente aceitas em estabelecimentos, enquanto Criptomoedas somente alguns aceitam.

Viu, que assunto interessante?

Compartilhe, comente o que tópico você achou mais relevante!

Conto com você. Até mais!

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Previous Post

Tudo o que você precisa saber sobre Bitcoin

Next Post

Blockchain: Mais que uma tecnologia das criptos

Related Posts