O QUE ACONTECE COM AS ALTCOINS DURANTE A QUEDA DO BITCOIN?

O bitcoin se estabeleceu como uma das criptomoedas mais utilizadas em todo o mundo, desde quando foi lançado, em 2009. 

Este fenômeno se dá em razão de suas virtudes, como ser descentralizado e transparente (com transações públicas), por exemplo. 

Entretanto, o Bitcoin é conhecido conjuntamente por suas flutuações dentro do mercado de câmbio. Há alguns meses sua taxa está em queda livre, e já atingiu o valor inferior a U$ 20.000.

E é nesse contexto que entram as altcoins. Mas o que são altcoins? O que acontece com elas quando o bitcoin entra em queda? Quais são as causas dessa queda? Seria esse o momento certo para investir?

Isso é o que você vai descobrir agora com a Kucoin, continue lendo:

Por que o Bitcoin está em queda?

Ainda que no decorrer dos anos o Bitcoin tenha atingido números impressionantes, nos últimos meses tem experimentado um certo declínio.

Dessa maneira, a queda que deixa receosos investidores e comerciantes, pode ser explicada por muitas razões diferentes, como:

  • A pressão que as pessoas têm sofrido para limitar investimentos monetários, em razão da política de aperto dos EUA. 
  • A redução do poder de compra de muitos cidadãos, causada pela inflação. Que limitou suas opções de investimento.
  • A ascensão de outras criptomoedas dentro do mercado de ações, como o Ether (altcoin).
  • Crises ao redor do mundo como a inflação e o conflito ucraniano.

O que são altcoins?

Pode-se dizer que o termo “altcoin” se refere a criptomoedas alternativas ao bitcoin.

As altcoins possuem o objetivo de explorar novas oportunidades dentro do mercado financeiro. 

Assim como o bitcoin, não dependem de órgãos como bancos e instituições financeiras.

Ela surgiu após o bitcoin se consolidar no mercado, com investidores pensando em criar uma moeda virtual alternativa. 

O surgimento das Altcoins concedeu aos investidores uma menor volatilidade dos preços.

Diferenças entre Altcoin e Bitcoin  

  • Bitcoin é uma criptomoeda única, já as Altcoins são todas as outras criptomoedas.
  • De acordo com cada criptomoeda, o algoritmo de “mineração” pode ser diferente. Com relação ao Bitcoin, seu algoritmo é o SHA-256. Já no caso da Ethereum é o Ethash, por exemplo.
  • O Bitcoin possui um limite de 21 milhões de Bitcoins circulando. Mas nem todas as criptomoedas possuem limites. A criptomoeda Ethereum, por exemplo, ainda não tem um limite já estabelecido, apesar de ter sido estimada entre os valores de 120-140 milhões de Éter.

O que acontece com as altcoins quando há queda no Bitcoin?

Com o decorrer dos anos, o Bitcoin sofreu algumas quedas. Sua primeira, ocorreu em junho de 2011, essa queda afetou apenas ele, pois as Altcoins ainda não haviam sido criadas.

Apesar da instabilidade que o mercado financeiro vem apresentando devido a inúmeras razões, o investimento em criptomoedas tem crescido muito, inclusive em altcoins.

Esse mercado se tornou muito maior do que antes, há muitas altcoins crescendo e ainda mais pessoas negociando em períodos de baixa, esperando o momento em que elas irão subir novamente.  

Caso o bitcoin sofra uma queda muito forte, o mercado inteiro ficará vermelho por um certo período. 

Mas logo quando a poeira abaixar, e o cenário se estabilizar, as altcoins subirão com ainda mais peso em seu valor. Essa é a sua tendência. 

Se for o caso de o Bitcoin cair forte, os investimentos fluirão para as altcoins que irão continuar a crescer.

As Altcoins podem se beneficiar durante a queda do bitcoin?

Apesar de ser indesejada a queda do bitcoin, em outro ponto de vista, permite que as Altcoins (apesar de sofrer os efeitos em conjunto) subam acentuadamente. 

Um exemplo a ser citado foi a alta histórica no Ether, considerada como a segunda moeda digital que possui mais relevância quando se trata de capitalização. 

Essa alta conquistada ocorreu apenas um mês depois da queda do Bitcoin em Janeiro de 2018. 

Esse exemplo é apenas para ilustrar o movimento ascendente que ocorre no mercado das criptomoedas, apesar das quedas. Especificamente nesses cenários de queda que o Bitcoin pode sofrer.

Mercado em queda, momento certo para investir?

É de conhecimento notório que a base da negociação no mercado financeiro se baseia na compra de ativos quando estão em baixa, para lucrar muito os vendendo quando eles sobem.

Devido a queda envolvendo bilhões de euros ocorrida nos últimos meses, muitos ativos de criptomoedas se tornaram mais acessíveis.

Além disso, o mercado de ativos de criptomoedas já comprovou no passado que pode sofrer quedas acentuadas antes de quebrar a ATH (o maior preço já registrado). 

Como você pode ver de acordo com o histórico das criptomoedas, os melhores momentos para se posicionar e investir é quando o mercado está em baixa, e o momento é este.

O que poderia mudar o atual cenário de queda?

Em suma, para que o cenário seja estabilizado, aqueles que ainda possuem Bitcoins não devem vendê-lo, e os que ainda não possuem devem comprar. 

Os especialistas em mercado financeiro afirmam que este é o momento exato para comprar, pois está em baixa, depois disso é só esperar para ver os ativos subirem novamente. 

É dessa maneira que as pessoas fazem fortuna rapidamente no mundo das criptomoedas, como o dono da Tesla, Elon Musk, que investiu U$ 1,5 bilhão em Bitcoin. 

Onde comprar Altcoins e Bitcoins?

Saber onde comprar criptomoedas é uma questão muito importante.

Você deve escolher uma exchange de criptomoedas que possua uma fonte confiável para acompanhar os valores de cotação de criptomoedas, e mais importante, uma forma segura de comprá-las. 

Se é isso o que você procura, saiba que a Kucoin pode te oferecer. Ela possui notoriedade sendo reconhecida em mais de 20 países. 

A Kucoin fornece alta segurança na realização das compras, uma interface amigável para navegar, além disso possui a política KYC (conheça seu cliente), em que é avaliado a identidade do cliente e a natureza de suas atividades, para evitar possíveis fraudes antes mesmo que aconteça.

Caso tenha se interessado nas altcoins, saiba que a Kucoin possui mais 540 ativos com mais 960 pares de negociação disponíveis. Sendo portanto, a maior exchange de altcoins.

Além disso, a plataforma consegue abranger todos os tipos de investidores.  

Disponibilizando bot de negociação, serviços de empréstimo de criptomoedas para quem quer começar a investir, negociação de margem e muito mais.

A KuCoin oferece todo o suporte que você precisa, estando disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana. 

Por meio de chat ao vivo e ticket online disponível em sua central de ajuda, com atendentes receptivos e educados.

Não perca tempo, faça seu cadastro agora mesmo. 

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Previous Post

Exchanges de criptoativos: um miniguia para iniciantes