Guia básico do P2P

O iniciante no mundo das criptomoedas tem que se familiarizar com uma série de palavras e expressões, e o P2P é uma delas. É muita novidade, não é mesmo?

 P2P, ou Peer to Peer, é um modo de transação de valores ou arquivos diretamente entre pontos. 

Mas, você sabe como funciona o P2P e como você pode trabalhar com esse tipo de negociação de forma segura? 

Pensando nisso, preparamos um breve guia básico do P2P para te ajudar na sua trajetória pelo mundo cripto. Avante!

O que é p2p e como funciona

P2P significa peer to peer, ou seja, ponto a ponto.  

Negociações P2P são feitas sem nenhum intermediário.

Uma curiosidade: o p2p não surgiu com o bitcoin, logo, não se trata de uma novidade. Ele já existia, na década de 80, como transferências de arquivos, passando a ser aplicado em transferência de valores nos anos 2000. 

Nesse caso as transações eram de empréstimos, e se popularizou na Europa, mais tarde no Brasil. 

Mas foi o Bitcoin que impulsionou a prática do p2p na transferência de dinheiro sem intermediário a partir de 2008.

Na negociação direta P2P o valor da criptomoeda é cotado no momento da negociação entre as partes.

 Faz-se uma TED de uma ponta  para a outra, por exemplo, em troca de receber bitcoins minerados.

As plataformas de P2P

Com o passar do tempo, o P2P foi se profissionalizando no universo cripto como atividade lucrativa.

 Pessoas passaram a vender criptomoedas com uma diferença de preço (spread) entre a compra realizada e a venda. Assim, uma das maneiras de obter lucros, era através desse spread.

Contudo, esse método sem nenhum intermediário não se mostrou eficiente na prática, para a adoção em massa, daí surgiram as exchanges.

Atualmente, as exchanges oferecem plataformas de P2P, como se fossem marketplaces.

Na maioria dos casos,os negociantes dessas plataformas se submetem a testes para verificar a idoneidade e a credibilidade deles. 

Nas plataformas P2P você como comprador pode ir direto no vendedor e realizar a sua operação, contando com a confiança e a segurança da exchange.

A negociação P2P exige menos burocracia e tem mais flexibilidade de horários e valores, além de as criptomoedas irem direto para a carteira do comprador e não para a carteira de terceiros

Passo a passo de uma negociação p2p

  • O comprador entra em contato com o vendedor P2P para comprar a criptomoeda
  • O vendedor passa o valor em reais para a quantidade desejada
  • O comprador aceita o valor
  • O vendedor P2P pede os dados do comprador para compliance/KYC
  • Estando tudo certo com o comprador, o vendedor P2P passa os dados para o comprador enviar os reais
  • Após os reais serem enviados, o vendedor P2P envia as criptomoedas para o endereço do comprador.”

Como comprar e vender p2p com segurança

Cuidado! Golpistas podem se passar pelos P2P famosos. Preparamos uma lista de tudo o que você precisa para não cair numa cilada. 

  • Procure sites  como o Catálogo P2P que têm informações sobre vendedores de Bitcoin de confiança.
  • Procure vendedores P2P com referência.
  • Evite fazer transações por redes sociais que permitam criação de perfis fake.
  • Dê preferência ao Whatsapp, que exige seu número de telefone exposto, que você pode verificar nas referências do P2P. 
  • Inicie a negociação com um vendedor de criptomoedas a partir de um valor baixo, para atestar a reputação dele. Se ele demorar para enviar um valor pequeno, pode ser que com valores altos a situação fuja do controle. É porque há casos em que o vendedor não possui o valor suficiente de criptomoedas a pronta entrega para aquela transação, tendo que recorrer a outros vendedores que podem deixá-lo na mão. 

Quanto menos arriscado melhor

Como dito anteriormente, no P2P os vendedores podem atuar de forma independente, ou ainda podem oferecer os serviços de venda e compra de criptomoedas através de plataformas voltadas para a negociação P2P. 

Cabe ao interessado escolher a forma que julgar melhor, considerando  o fator segurança em primeiro lugar. 

Essas informações foram úteis para você? Compartilhe com um amigo que talvez ainda tenha dúvidas sobre como começar no mundo das criptos e quais formas de atuar nele. 

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Previous Post

Merlin Lab, o encerramento – Estudo de caso

Next Post
Bitcoin, energias renováveis, mineração.

Bitcoin e o consumo de energia em sua mineração

Related Posts